Resenhas

Resenha Absolutos:Sinfonia da Destruição – Rodolfo Salles

 Érico teve uma infância conturbada. Criado em uma lua pequena por irmãos adotivos, o rapaz parecia fadado a uma vida monótona manobrando naves cargueiras. Mas Érico era coberto de tatuagens estranhas desde que se dava por gente, e a vontade de descobrir mais sobre si mesmo fomenta um sonho louco de explorar.  É neste cenário… Continuar lendo Resenha Absolutos:Sinfonia da Destruição – Rodolfo Salles

Anúncios
Notícias

Respondendo à mensagens de um ano atrás

 Eu sou a tonta que apenas esta semana descobriu para onde vão as coisas que me enviam pela página de contato.  Se você está entre as pessoas que eu ignorei durante todo esse tempo, aqui eu garanto que não foi um gelo intencional.  E se você, como eu, tem um blog com a página de… Continuar lendo Respondendo à mensagens de um ano atrás

Contos

Mini conto – Memento Flora

 Do tronco retorcido saíam galhos perturbadores. Os ramos complexos começavam na base lenhosa, numa forma parecida com as asas de uma borboleta muito grande, da qual crescia um galho sinuoso e serrilhado. Do meio desta formação, saíam diversos ramos finos, que curvavam e uniam-se em frente, criando uma gaiola de madeira. No extremo do ramo… Continuar lendo Mini conto – Memento Flora

Notícias

Novidades – Lançamento da ACID + NEON vol. 01

A coletânea ACID + NEON está oficialmente na rede! Tenho orgulho de fazer parte dessa empreitada ao universo cyberpunk, e parabenizo todos os colaboradores 🙂 Esta edição conta com o meu conto "Os olhos dela". Confira no site da Coverge a versão digital gratuita do volume: A versão física da coletânea logo estará disponível para… Continuar lendo Novidades – Lançamento da ACID + NEON vol. 01

Artigos

Tlön, Uqbar, Orbis Tertius – Um devaneio

ATENÇÃO: Este artigo é a minha interpretação sobre o conto Tlön, Uqbar, Orbis Tertius, de Jorge Luis Borges. Assim, aqui existem SPOILERS sobre o enredo do conto e seu final. Caso queira lê-lo na íntegra antes de ler o artigo, este é o conto que abre o livro Ficções, de Jorge Luis Borges.   Este… Continuar lendo Tlön, Uqbar, Orbis Tertius – Um devaneio

Sem categoria

Revista “A Taverna” – 1ª edição [Envie seu conto]

A Taverna começa uma nova fase de seu apoio aos autores nacionais! Siga as regras e mande ver nos contos para se tornar um dos primeiros autores publicados na nova revista digital! 🙂

A Taverna

Viajantes, escancaramos as portas da Taverna para anunciar:

Estamos oficialmente recebendo contos para a nossa tão sonhada revista “A Taverna”!

Sim, é isso mesmo. A Taverna, a partir de hoje, inicia mais um projeto que visa incentivar a literatura nacional.

Como vai funcionar?

Durante alguns meses do ano, abriremos a Taverna para o recebimento de contos que passarão pela avaliação de toda a nossa equipe. Cinco contos serão selecionados e farão parte de cada edição da nossa revista.

Após selecionados, os contos passarão por algumas etapas (leitura crítica, edição e revisão) e serão publicados com o nosso selo em uma edição digital da revista na Amazon.

Logo_a_taverna_esfera

Como visamos valorizar os autores nacionais,  todos os selecionados serão remunerados pelos contos publicados em nossa revista. A princípio, essa remuneração será de cinquenta reais e, havendo a possibilidade, pretendemos aumentar esse valor nas próximas edições.

Como enviar seu conto para A Taverna?

1…

Ver o post original 198 mais palavras

Contos

Mini Conto – A Volta

 Ela deixou a cidade e toda a estática para trás. No início do caminho, um bilhete de agradecimento largado na mesa daquele quartinho atrás do restaurante japonês, junto com o pagamento pela estadia. Desceu andar após andar as ruelas estreitas, pela névoa condensada e os sem-teto que se abrigavam em caixas. Ali os grafites eram… Continuar lendo Mini Conto – A Volta

Sem categoria

O BOOM DO CONTO FANTÁSTICO NACIONAL

Hoje estou compartilhando com vocês uma seleção genial de influenciadores da literatura fantástica nacional, curada pelo escritor Ricardo Santos, administrador do blog RICARDOESCREVE.
Nela é demonstrada a quantidade de autores que estão apostando em começar suas carreiras com contos. Esta diferença aponta para as mudanças que estão ocorrendo no mercado nacional. Será que dessa leva sairão autores de ficção fantástica renomados mundialmente? O que nos cabe é torcer, escrever e aproveitar as coletâneas que estão saindo do forno para conhecer novos olhares.
Boas leituras pessoal!

ricardoescreve

brasil-2927226

No Brasil, não temos uma tradição de sites de contos de ficção científica, terror e fantasia, como em língua inglesa. Lightspeed, Clarckesworld, Apex e outros publicam atualmente o que há de melhor na produção mundial de ficção fantástica. Até brasileiros podem participar de suas submissões e ser selecionados. Isso já aconteceu com os escritores Fábio Fernandes e Jacques Barcia.

Sites semelhantes nacionais existem. Dois que merecem destaque são A Tarvena e Leitor Cabuloso. Mas o que chama cada vez mais atenção é o ótimo momento das revistas de contos e das coletâneas.

O conto é a porta de entrada do leitor para conhecer novos autores. É o cartão de visita do escritor iniciante. Ou um dos poucos espaços para o autor veterano menos convencional. Faz seu nome circular, abre portas para futuros projetos. Num mercado editorial profissionalíssimo e concorrido como o americano, geralmente, o conto é por onde tudo começa…

Ver o post original 925 mais palavras